Apoio Terapêutico

Auxiliando pessoas a se conectarem com sua natureza 

Atendimento Presencial

Utilizo a escuta terapêutica associada a diversas técnicas de medicina tradicional chinesa como acupuntura, meditação e orientação de hábitos. 

Terapia Online

Sua escuta terapêutica a um clique de distância! Economia de tempo e horários mais flexíveis.

 

Cursos

Cursos para profissionais de Medicina Tradicional Chinesa além de treinamento em meditação. Oferecemos muitos conteúdos gratuitos!  

 

Olá! Eu sou Rafael Bauth

Terapeuta

Tenho como um dos meus propósitos ajudar as pessoas em suas jornadas internas. Encontrei na  Psicologia e Medicina Tradicional Chinesa conhecimentos para favorecer o equilíbrio e superação nas pessoas. Também me dedico a produzir conteúdo sobre meditação, sabedoria oriental, desenvolvimento humano, inteligência emocional e autocuidado no canal de YouTube Inner Innovation – no qual sou fundador e autor. 

Se você quiser conhecer um pouco da minha história com a acupuntura, acesse o link abaixo!

Expertise

Esgotamento Emocional

Leia Mais

Se você sente sua energia sem sustentação, ao final da tarde já não consegue fazer nenhuma atividade, depende de cafés e energéticos para se manter de pé – você é um bom candidato a entender melhor esse processo e aprender como  equilibrar suas energias.

A síndrome de Burnout pode ser muito parecida com a depressão, apresentando sintomas típicos do esgotamento mental como pensamentos negativos, falta de ânimo para ir ao trabalho, falta de gosto por atividades que antes eram prazerosas, alteração de humor (fazendo com que haja dias melhores mas em seguida e sem causa aparente a pessoa sente-se péssima), comportamentos agressivos ou vontade de agir rispidamente com todos, dificuldade de fixar-se em uma leitura ou Tv, etc. Em consequência deste estado mental fortemente abalado pode surgir sintomas associados como dor de cabeça, muito suor, dores de barriga ou dificuldade na digestão, dores pelo corpo alterações no sono.

Os prejuízos começam a serem percebidos com as faltas ao trabalho, licenças médicas por depressão, e depreciação nos relacionamentos familiares e pessoais.

A maneira como interagimos com nossa cultura tem sido um fator relevante para que muitas pessoas experimentem este tipo de esgotamento. Neste quadro a energia não se sustenta. São necessárias várias doses de energia para se manter de pé, seja através de café ou no campo simbólico palestras e vídeos motivacionais. Este fenômeno é facilmente compreendido quando aplicamos a lógica oriental do equilíbrio entre as energias Yin e Yang.

 

Imagine uma fogueira. O fogo, que é a atividade em si, é a energia Yang. É a energia do movimento, que nos faz acordar, trabalhar, ou seja, agir no mundo. Contudo, este fogo não existe sem a lenha, que dá a sustentação. Esta lenha, que é consumida para dar vida ao fogo é a energia Yin.

Sem Yin, não há Yang.

 

Nos quadros de esgotamento, é bem comum que a energia Yin esteja desgastada mas que o sujeito não saiba identificar com clareza isso. E então tenha ações que tonifiquem a energia Yang. Seria como jogar álcool na fogueira. Experimenta-se um aumento momentâneo do fogo, que consome ainda mais a lenha, mas não se resolve o problema. Se este quadro se prolonga a pessoa pode experimentar a falta total de energia, não conseguindo as vezes desempenhar as atividades básicas diárias.

 

Quem te vende o café e as palestras motivacionais vai adorar que você sempre precise de uma nova dose.

Portanto, compreender os fluxos de energia da sua vida é uma condição necessária para que você tenha um estilo de vida sustentável. É como o dinheiro. Você precisar saber quanto ganha, de onde ganha, onde gasta e onde investe e equilibrar tudo isso. Caso contrário, se você entrar em um quadro de endividamento, fica cada vez mais difícil sair de lá. A escuta terapêutica pode te ajudar a perceber como o fluxo desse “dinheiro invisível” se configura na sua vida e oferecer o suporte para que você atinja o tão satisfatório equilíbrio.

Perda de Vitalidade

Leia Mais

A vida está sempre mudando. Nós estamos sempre mudando. Contudo, ter o discernimento para saber quais mudanças são sintomáticas e quais são um processo natural pode ser um desafio. Por sorte, o oriente está  a milênios estudando os processos de mudança – de mutação. 

Sabe-se que perder o prazer por atividades que antes gostava é um sintoma importante do quadro clínico de depressão. A medicina tradicional chinesa classifica o que aqui no ocidente é chamado de depressão em diversos padrões de desarmonia diferentes. Para cada um deles as orientações e o trabalho realizado tem suas particularidades. 

Avaliar a economia de energia mental – através do modelo EMF e perceber a relação desta mudança com possíveis desarmonias poderá direcionar com sabedoria a um re-equilíbrio.  

Ansiedade

Leia Mais

Existem várias ansiedades. É importante entender o fenômeno experimentado pelo sujeito pra saber do que de fato se trata. Contudo, quando se diz do senso comum da ansiedade, podemos interpretá-lo segundo a sabedoria oriental.

A Medicina Tradicional Chinesa localiza essa manifestação relacionada com o desequilíbrio energético do Xin. Sabe-se que uma função deste sistema, no campo mental, é de nos orientar no tempo e no espaço. Se em casos graves ela pode se manifestar como total desorientação, podendo apresentar alucinações por exemplo, em um grau mais leve pode-se experimentar o que chamamos comumente de ansiedade.

A ansiedade seria compreendida como o antecipar de uma situação futura, mas que as alterações desagradáveis emocionais dessa possível situação se manifestem no presente – demonstrando assim essa desorientação simbólica de tempo.

Pessoas que tem sua vida muito afetadas por este sintoma, podem experimentar uma melhora significativa ao aprenderem a perceber o seu funcionamento mental, especialmente direcionado a compreender sobre sua orientação no tempo-espaço. Técnicas como meditação são também muito eficazes – pois contém em si um trabalho de trazer a mente para o presente.

Pela sabedoria oriental, consideramos que o trabalho com estas questões não deve ser exclusivamente no campo racional, apenas no discurso. Por isso a escuta terapêutica caminha favorecendo um processo terapêutico ativo – onde a pessoa seja capaz de se desenvolver no campo racional, como também no emocional, simbólico e energético.

Stress

Leia Mais

Cada organismo lida com a sobrecarga e o stress de alguma maneira. Eles podem gerar um padrão de sintomas descritos pela fisiopatologia energética da medicina tradicional chinesa. 

A identificação deste padrão irá auxiliar nas intervenções, técnicas e desenvolvimento de hábitos necessários para um reequilírio.  

A flexibilidade e adaptação são virtudes importantes para o pensamento oriental. Devemos ser capazes de acessar um quadro de “stress” quando for necessária a agitação e atividade, assim como o relaxamento para o descanso e restauração do organismo. 

Crise Existencial

Leia Mais

Sentir-se perdido na vida é um fenômeno histórico, que levou a profundos questionamentos filosóficos sobre o sentido de tudo. Onde estamos, para onde vamos, quem somos? Algumas pessoas podem experimentar estes questionamentos de forma mais intensa e nestes casos podem buscar auxílio na profunda sabedoria oriental, desenvolvida por milênios! 

O conhecimento oriental não se constituiu através da forma, ou seja, com preceitos morais de como devemos agir ou sobre o que é certo ou errado. A observação da natureza como ela é, ou pode ser, nos permite sair do aprisionamento da ilusão de que as coisas devem ser como julgamos corretas ou justas. Isso permite que durante o processo da escuta terapêutica o paciente aos poucos construa a sua sabedoria interna, pessoal e singular. 

Diferente do conhecimento, de caráter apenas mental racional, a sabedoria está ligada a nossa capacidade de ação e reação frente aos estímulos externos e internos – ou seja, ela é capaz de aprimorar como sujeitos. 

Este maior contato com o presente, com a natureza humana e com o real seria responsável por auxiliar nos quadros de crise existencial. Lembrando que o mesmo ideograma que representa crise na linguagem oriental, também significa oportunidade!

Tristeza e Luto

Leia Mais

As emoções não são negativas e não são passíveis de controle. Todas visam cumprir sua função e é isso que precisamos favorecer. 

A tristeza é uma emoção que nos prepara para um recolhimento em prol de uma restauração

Se esta difícil lidar com essa emoção, você pode procurar uma escuta terapêutica para entender melhor seu momento e saber superá-lo. 

Raiva e Irritabilidade

Leia Mais

As emoções não são negativas e não são passíveis de controle. Todas visam cumprir sua função e é isso que precisamos favorecer. 

A raiva é uma emoção que nos prepara para ação. Precisamos ser resolutivos e para isso precisamos de autoconhecimento. Ela também surge de acordo com nossas relações ambivalentes – sentimos frustração quando um outro não supre nossas necessidade e raiva quando alguem invade nosso espaço e é uma ameaça. 

Se esta difícil lidar com essa emoção, você pode procurar uma escuta terapêutica para entender melhor seu momento e saber superá-lo. 

Medo

Leia Mais

As emoções não são negativas e não são passíveis de controle. Todas visam cumprir sua função e é isso que precisamos favorecer. 

O medo é uma emoção que visa nossa sobrevivência. Quando equilibrado nos tornamos cautelosos, mas mantemos nossa vitalidade e curiosidade. Quando em desequilíbrio pode nos gerar reações de congelamento ou de fuga

Se esta difícil lidar com essa emoção, você pode procurar uma escuta terapêutica para entender melhor seu momento e saber superá-lo. 

Inteligência Emocional

Leia Mais

A base fundamental para experimentarmos as coisas ao invés de apenas vivencia-las está no auto-conhecimento. A experiência é capaz de nos transformar, de nos transmutar e assim podemos desenvolver nossa sabedoria pessoal. E é ela a responsável por nos fazer ter um relacionamento saudável com nossa própria vida.  

Contudo, vivendo em uma cultura onde o externo é cultivado e o interno desprezado, acabamos muito pouco conscientes do nosso universo interno. Não entendemos como funcionamos e acabamos por lidar de forma muito equivocada conosco, como por exemplo, julgando nossas emoções e travando batalhas por sentir ou não sentir determinadas coisas. Quando na verdade as emoções são configurações corporais responsáveis por nos adaptar as diversidades do ambiente. Aprender sobre seu funcionamento mental, físico e energético fará com que você seja capaz de utilizar o seu mais alto potencial. 

Autonomia

Leia Mais

De acordo com o ciclo de desenvolvimento dos 5 elementos da Medicina Tradicional Chinesa – seu fechamento se dá no elemento metal, justamente onde há a internlização do desenvolvimento e é estabelecida a autonomia. 

Ela seria a capacidade de se autodeterminar e autogovernar. Quando ampliamos nossa autonomia dependemos menos das outras pessoas, além de enfrentar menos conflitos e desgastes. 

Somos animais sociais, sempre dependeremos do contexto social. Mas quando amadurecemos, encontramos e utilizamos a nossa própria atividade como fonte primária de condução da vida.

Relacionamentos

Leia Mais

Os relacionamentos costumam ser uma das principais queixas em terapia. Existem vários aspectos a serem avaliados e trabalhados para que se experimente uma relação com menos atrito. 

No aspecto pessoal podemos avaliar: autoconhecimento e autonomia; crenças sobre relacionamentos; expectativas e capacidade de lidar com o real, além de outros. 

No aspecto do relacionamento podemos avalir: comunicação; regras implícitas e explícitas; rotina e hábitos, dentre outros. 

 

 

Hábitos

Leia Mais

A maior parte dos sintomas simples podem ser eliminados com hábitos mais saudáveis. A medicina tradicional chinesa nos oferece uma perspectiva muito sutil para ajudar as pessoas a saberem como e quais hábitos deveriam ser alterados.

Não funciona como um programa onde você precisa se adaptar. As alterações são suaves e de acordo com seu momento. Os resultados a longo prazo são o estabelecidamento de um estilo de vida mais saudável e com mais significado.  

Meus valores

Em meus atendimentos e cursos uso todos os recursos que tenho disponíveis em prol dos meus clientes. Estabelecemos juntos um processo personalizado de cuidado e desenvolvimento humano.

As sessões são um processo integral que visam intervenções de caráter sistêmico e ecológicos, onde trabalha-se a energia e consciência do sujeito de forma sinérgica.

Requintamos equilíbrio, superação e autonomia. Um caminho humano guiado com gentileza, respeito, sem julgamentos e onde o objetivo da condução é se aceitar, viver bem e explorar sua autenticidade. 

Entre em Contato

Gostaria de tirar alguma dúvida?

(31) 9 8642-9522

Rua Alagoas 1460 - sala 802 Savassi - BH

RafaelBauth@hotmail.com